24.8.05

Pode vender

Agilberto agia por pura obsessão na construção dos nadas de arame. Artista nato, conduzia os fios como se jamais fossem se enrolar. Como se fossem paralelas infinitas.

Depois fazia de conta que era tudo parte da vida e botava à venda.

2 comentários:

grzl disse...

adorei. adoro essa sua creatividade.
um abraço
graziela

Helena disse...

Lindo edison. Os dois.

Na Asia, a Malasia
é só um ponto
cardeal.
Lá todos os papas são pops
E todas as pipas são minhas

Ao sul do mar do norte numa ilha
que só eu mereço
e você, meu amor,meu amor,
que eu esqueço, eu esqueço.

Na Malásia eu penso ser alguém
que não conheço.

Helena ( malaia 0
http://www.ovoazulturquesa.blogspot.com