12.12.08

Foi quando, ao assinar a carta para Deus, que ela se lembrou que, como gente que era, tinha também um nome. Antes ela só sabia que era ela, nada mais do que ela. Agora é Ana Clara.

Um comentário:

Fred Di Giacomo disse...

Passei por aqui!