17.9.07

Imundando

Principiei a desconstrução do mundo.
Comecei pela piração efêmera de ser
Sem saber se a piração era trans ou ins.
(O importante foi quando descobri começar a des-ser o que sempre fui para sub-ir aonde sempre fui.)

Eliminei todos os pontos geográficos
Porque só sem um mapa é que pude me perder
E confundir o ponteiro doido da bússola:
- Desnortead...

Risquei meridianos, paralelos;
Arrisquei a morte pois a morte é perpendicular à vida
E de meridianos estamos todos setentrionais.

Peguei uma agulha bem pontiaguda
E furei o globo como se bexigasse Terra:
- Planificar, planificar, planificar
Todos plenários planários pulando de planaltos e cuspindo planilhas!

Mas foi um estouro tão grande
Que virei bolha de sabão.

Um comentário:

giovanna longo disse...

Você me confude, às vezes...