23.12.07

o ovo de páscoa

Um dos gnomos acordou bravo e chutou o microfone do repórter de tevê que tentava entrevistá-lo já há três dias e fazia plantão em frente ao manicômio.
Era dou-me-em-gol mas para ele todos os dias eram segundas-fúrias. O repórter insistia que eram terças-férias ou, no mínimo, quartas-frias.
- Quinta-fora! Hoje é quinta-fora!
Eu ficava no meu canto, torcendo pra que todos os dias inclusive hoje fossem mesmo é sextas-folgas. Mas era sabido.

2 comentários:

Deco Ica disse...

Sabatinaremos você num sábado destes.

Belo jogo de palavras!

Abraço.

Bruno Pessa disse...

Muito sabido de sua parte!

abraço