8.3.08

Do poema

O poema está na fábrica, esperando as peças certas.
Falta um pedaço, importado.
Importante, empecilho.

O poema está na fábrica, querendo um operário tom-zé.

O poema está na fábrica, mais-valia fosse eu.

2 comentários:

michelyne disse...

oi..eu não te conheço, mas visito seu espaço sempre que posso....adoro o que você escreve...ah, desculpe, meu nome é michelyne...sou de brasilia....e estudante de letras, poesia, arte...e como vim parar aqui?através de laura massunari..ótima ponte entre mundos desconhecidos...ela me passou sua página, pois eu gosto muito de ler...e valeu a pena...se quiser entrar em contato, meu email é miche27@uol.com.br e msn miche27@hotmail.com
beijos

Giovanna Longo, 24 anos disse...

sábia seleção de trilha!