21.11.07

De merda

Na vida bato o olho
e escolho;
Nem sempre o melhor
- quase nunca o melhor.

Depois é a velha história
das barbas de molho
e dos tomates que colho
e jogo
nas regras do jogo.

Bom mesmo é esquecer
o que escrevi.

Um comentário:

giovanna longo disse...

só de escolher já é um grande avanço. alguns ficam um tempão e não tomam atitude nenhuma... dá uma agonia.