9.11.05

Com suas asas brancas, o demônio domina molduras estereotipadas e, livro na estante, brinca de quebrar instantes.

Solo.

2 comentários:

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

E daí cara!

Te linkei lá no BALAIO DE LETRAS...


Abraços do CC.

Tháta disse...

Oi Edison!!!
Passei pra ler as "belezuras" que vc escreve!!! hj naum estou inspirada para comentários!!! mas te deixar um Oi sempre vale a pena!!!
B-jinhos