12.5.06

Separação

Confirmar se o mar era mesmo aquela distância enorme cansava meus ensimesmados olhos de exatidão e cemitério. Parado na praia, feria-me com o soslaio de pensamentos: sonhar com Deus, correr na chuva, casar, comer uma torta de limão, me perder nas rimas de um poema velho assinado por Leminski. Ler mais.

Gosto. Mas tem sempre uns instantes de dor e sobra. Sombras para me esconder são poucas. Procurei por você todas as noites esta semana, na segunda esmagada num pesadelo, na terça borboleta azul, na quarta um punhal no peito, na quinta solidão. Hoje não sei como vai ser.

- Vamos pegar um cinema?

- Ah... Tá frio, melhor sorrir em casa.

Entre nós dois foi se firmando um continente. Depois, as lágrimas, um oceano. Atlântico. Eu África, você América. Pacífico. Eu uma ilhota a ver navios.

9 comentários:

parla marieta disse...

lindo!

Anônimo disse...

há tempos não lia o que tu escrevias... que lindo, quanto sentimento!

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»

Anônimo disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»

Anônimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP »

Anônimo disse...

Keep up the good work Lexus plates Lesbian muff ebony mature Wagan heated seat cover Zyrtec cena apteka Big dicks small vaginas Lamictal with zoloft Can i take tylenol with buspar leather coats Mature women's feet travel large rollers heat

Anônimo disse...

What a great site Kenmore washer and discount Fred dryer fanclub

Anônimo disse...

This is very interesting site... » » »