22.7.05

Sem soneto para Almeida Borba Gastão

...

Nenhum comentário: